12 dicas para arrasar na entrevista de trabalho na Estônia

Confira as dicas das nossas recrutadoras para se preparar e ter um ótimo desempenho na conversa com as empresas estonianas

Anteriormente, neste post, nós trouxemos para você algumas dicas sobre como preparar seu currículo para uma vaga de trabalho na Estônia. O país é um dos mercados de trabalho mais aquecidos para profissionais de tecnologia e está aberto à contratação de especialistas estrangeiros. Só para dar uma ideia do que te espera por lá: a Estônia é um verdadeiro berço de inovação, que já gerou sete startups unicórnio, e tem uma cultura de trabalho pouco hierárquica, que valoriza o bom desempenho e permite que você possa evoluir rapidamente em sua carreira.

Então, se você quer ver a sua carreira decolar, o primeiro passo é caprichar no currículo – que, para ser aceito, precisa ser feito em inglês. Se você trabalha com programação, fique atento a um detalhe importante: evite usar o termo Systems Analyst. Na Estônia, essa função é diferente do cargo de programador no Brasil. Prefira Software Engineer ou outro termo parecido, para que a empresa entenda que você tem experiência em programação.

O segundo passo é se candidatar a uma vaga pelo site da Bravest. Se for chamado para uma entrevista, aí vem a parte mais importante: se preparar para ela! Para ajudar nessa etapa tão importante, veja as dicas das nossas recrutadoras sobre como se sair bem em uma entrevista de trabalho na Estônia!

Como se preparar para uma entrevista de trabalho na Estônia

#1. Informe-se

Se você já sabe qual é a empresa contratante, busque o máximo de informações sobre ela. Além de mostrar ao recrutador seu interesse em conhecer a empresa, você sentirá mais segurança na entrevista.

Leia tudo o que encontrar. Procure as redes sociais, siga no LinkedIn, assista a vídeos oficiais e descubra quais outras plataformas a empresa usa para se comunicar com o público – como blogs, newsletters e podcasts, por exemplo.

#2. Treine o inglês

As entrevistas de emprego na Estônia acontecem em inglês. Se faz tempo que você não pratica o idioma, busque todos os recursos disponíveis para destravar a língua, revisar a pronúncia e treinar os ouvidos. Podem ser músicas, séries, podcasts, programas de TV, filmes e o que mais você achar necessário.

#3. Relaxe!

Se estiver sentindo ansiedade ou nervosismo no dia da entrevista, reserve alguns minutos para fazer exercícios de respiração profunda ou outras técnicas de relaxamento. Isso ajudará você a entrar na entrevista com mais tranquilidade.

#4. Prepare uma check-list

Confira antecipadamente a estabilidade e a velocidade da sua conexão com a internet. Verifique também se o seu computador está com a bateria carregada e mantenha o carregador por perto. Outra coisa importante: teste a câmera e o áudio de seu computador para ver se estão funcionando normalmente.

Caso você não conheça ou não saiba operar a plataforma onde acontecerá a entrevista, procure entender as funcionalidades com antecedência.

#5. Faça a entrevista em um lugar calmo

Busque um lugar tranquilo e silencioso, bem iluminado, onde você possa se concentrar. Mantenha por perto uma caneta e papel para fazer anotações durante a entrevista.

Saiba como se preparar para uma entrevista de trabalho na Estônia
Na Estônia, os entrevistadores são diretos: esteja preparado para falar da sua carreira – Foto: Unsplash

#6. Seja pontual

Respeite o horário marcado para a entrevista e evite se atrasar.

#7. Mostre sua cara

Mantenha a câmera ligada durante a entrevista. O contato visual tem grande importância no processo seletivo e facilita a conexão com o recrutador.

#8. Prepare-se para falar sobre seu trabalho

As empresas estonianas não têm o hábito de fazer perguntas pessoais, como o que você gosta de fazer aos finais de semana ou quais são seus hobbies. Elas vão direto ao ponto e a conversa é totalmente focada em suas qualificações profissionais.

#9. Fale com objetividade

Os estonianos são bastante diretos. Responda objetivamente ao que foi perguntado, sem contar histórias ou contextualizar.

#10. Fique atento aos detalhes

É importante saber explicar bem qual foi seu papel em cada empresa onde trabalhou. Esclarecer, por exemplo, se você participou de um projeto ou foi líder dele. Se foi líder, quais partes do projeto você liderou? Quantas pessoas? Todos esses detalhes são importantes para que o recrutador entenda se você tem as habilidades necessárias para ocupar a vaga.

Para ter mais segurança nesse momento, anote os pontos principais de cada projeto em um papel e mantenha ao seu lado durante a entrevista.  Se achar necessário, anote também alguns pontos da sua história profissional, quais foram seus maiores desafios e de quais trabalhos realizados você sente mais orgulho.

Não esqueça de destacar os sistemas, linguagens de programação e plataformas que você domina e qual o seu nível.

#11. Pense no futuro

Aproveite para refletir sobre o que você deseja para seu futuro e sua carreira. Quais são suas perspectivas? Que desafios você está buscando? Coloque tudo isso no papel, caso o recrutador pergunte.

#12. Não tenha medo de fazer perguntas!

Se você não entender alguma questão, peça para o recrutador repetir. Entender as perguntas é fundamental, para que você possa responder de forma clara e objetiva. Prepare também suas próprias perguntas! Se achar necessário, tire dúvidas ou peça mais detalhes sobre a vaga.

Seguindo essas dicas, certamente você se sairá bem nas entrevistas de trabalho na Estônia!

*

Ainda não se candidatou a uma vaga de trabalho na Estônia? Confira as oportunidades disponíveis no nosso site!

Entenda como funciona a candidatura a vagas de TI pela Bravest:

Se você ainda não conhece a Bravest, saiba como a gente pode te ajudar!

One response

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.